Comissariado Geral da Ordem do Carmo em Portugal

Nos finais do Século XIII, fundação em Moura (Alentejo). Em 1421 viviam, nesse convento, 42 religiosos professos. Por muito tempo a casa de Moura foi o único convento da Ordem em Portugal, até que a piedade do "Santo Condestável", o Beato Nuno Álvares Pereira, construiu o célebre Convento do Carmo de Lisboa, em louvor da Santíssima Virgem, entre 1394 e 1397, entregando-o aos Carmelitas e vindo a viver nele como irmão donato.

Em 1423 é erecta a Província de Portugal. Há um grande florescimento. Em 1580 começa a sua expansão missionária com a ida para o Brasil.

Em 1755, um grande terramoto, em Lisboa, mata muitos dos frades existentes. Em 1834, a Ordem é extinta em Portugal por um decreto governamental de extinção das Ordens Religiosas.

Em 1930, a Província da Bética (Espanha) começa restauração do Carmelo Português, em Lisboa. Por impossibilidade desta Província espanhola, são os Carmelitas do Brasil, a Província de Santo Elias do Rio de Janeiro, que assumem a continuidade desta restauração, a partir de 1954.

Em 8 de Dezembro de 1992, o Conselho Geral decreta que Comissariado Provincial de Portugal se transforme em Comissariado Geral.

Caminhos Carmelitas

  • 24º Domingo do Tempo Comum – Ano C
    Assim haverá alegria entre os Anjos de Deus por um só pecador que se arrependa (Lc 15, 10) O Evangelho do 24º Domingo do Tempo Comum, Ano C, começa por narrar a reacção de alguns que,...
  • Oração pelo Capítulo Geral da Ordem do Carmo
    De 12 a 27 de Setembro do corrente ano a Ordem dos Irmãos da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo realiza o seu Capítulo Geral, em Sassone (Roma-Itália). Apresentamos a oração pelo Capítulo...
  • Tempo da criação – 13 – 20 de Setembro
    DIA 13. “Não haverá uma nova relação com a natureza, sem um ser humano novo. Não há ecologia sem uma adequada antropologia. Quando a pessoa humana é considerada apenas mais um ser entre outros, que...
  • Oração a São Nuno
    Pai Santo, em Jesus Cristo mostrastes a São Nuno de Santa Maria o valor supremo do Vosso Reino. Para o acolher, ele pôs a render, como servo fiel, os dons que lhe concedestes, no serviço a Deus, à...
  • Tempo da criação – 6 – 12 de Setembro
    DIA 6. “Às vezes nota-se a obsessão de negar qualquer preeminência à pessoa humana, conduzindo-se uma luta em prol das outras espécies que não se vê na hora de defender igual dignidade entre os...
  • 22º Domingo do Tempo Comum – Ano C
    E serás feliz por eles não terem com que retribuir-te (Lc 14, 14) A reflexão que o Papa Francisco fez neste 22º Domingo do Tempo Comum – Ano C, foi inspirada no Evangelho de São Lucas que narra a...

Santos Carmelitas