Vocação Carmelita

1.  O nosso propósito de vida:

  • Viver em obséquio de Jesus Cristo e servi-lo fielmente com coração puro e recta consciência.
  • Seguir Jesus e servi-lo na Igreja, imitando os modelos da Virgem Maria e do Profeta Elias.

2.  De Maria aprendemos a ser de Deus para O servir no próximo

  • Maria é toda de Deus e convida-nos a ser todos de Deus, a louvar a Deus com os nossos corpos, com o nosso serviço, o nosso acolhimento, transformando as nossas relações com Deus e com o próximo.

3.  Maria ensina-nos o que significa «crer»!

  • Crer vem do latim, credere, “cor dare” – dar o coração, por isso, é muito mais do que um simples consentimento ou a ausência de qualquer dúvida.
  • Crer é entregar totalmente o coração, é colocar-se por completo à disposição de Deus.

4.  De Maria recebemos o Escapulário

  • A devoção a Maria exprime-se, entre os carmelitas, mediante o Escapulário.
  • O Escapulário é sinal e memorial da comunhão com os irmãos da Ordem do Carmo, que se dedicam ao serviço de Nossa Senhora para o bem de toda a Igreja.
  • O Escapulário é um espelho da humildade e da castidade de Maria; pela sua simplicidade ele convida-nos a vivermos na modéstia e na pureza.

5.  O espírito de Elias repousa sobre a Ordem do Carmo

  • Elias é o profeta da obediência à Palavra do Senhor.
  • Procuramos, como ele, viver na Presença de Deus, sob a nova Aliança sinalizada na Eucaristia.
  • Reconhecemos na nossa vocação um chamamento ao ministério profético, de denúncia e anúncio, de chamamento do povo à obediência à Palavra de Deus.

6.  O manto profético atravessa os séculos

  • Num mundo ainda marcado pelo pecado, na luta contra as potestades espirituais e os poderes terrenos da maldade, Deus levanta, no meio do seu povo, o seu Corpo, a Igreja, pessoas com o carisma especial do profetismo.
  • A missão profética é irrecusável, é importante, e terá êxito pela unção do Espírito de Deus.

7.  O nosso carisma e compromisso:

  • Meditar dia e noite na Lei do Senhor, mantendo o espírito alerta por meio da oração.
  • Celebrar a presença de Cristo na Eucaristia.
  • Partilhar a vida na fraternidade.
  • Servir a Igreja com espírito operoso.
  • Manter o espírito vigilante e silencioso na oração.

8.  O nosso Promotor Vocacional:

Frei Rogério da Silva Torres, O. Carm.
CEOC – Ordem do Carmo
Tel. 213 875 179 /Fax. 213 873 507
Rua de Santa Isabel, 128
1250-208 LISBOA

Mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Caminhos Carmelitas

  • A fortaleza
    A fortaleza. Faz-nos imensa falta para superar os medos, os cansaços, para saber viver com as próprias fragilidades sem desanimar e com as fragilidades do mundo sem violência nem cinismo. A...
  • São as “grandes coisas” que festejamos na Assunção de Maria
    “A minha alma engrandece o Senhor e o meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador” (Lc 1,46-47). Nesta frase há dois verbos: engrandecer e exultar. Maria exulta por causa de Deus....
  • Solenidade da Assunção de Nossa Senhora
    – O caminho de Maria rumo ao Céu começou com aquele «sim» pronunciado em Nazaré, como resposta ao Mensageiro celeste que lhe anunciava a vontade de Deus em relação a ela. Na realidade, é...
  • 19º Domingo do Tempo Comum – Ano C
    “Estai vós também preparados“ (Lc 12, 40) Na página evangélica do 19º Domingo do Tempo Comum – Ano C, Jesus apela aos seus discípulos para que vivam em constante vigilância para captar a...
  • Santa Teresa Benedita da Cruz – 9 de Agosto
    Hino ao Espírito Santo I Quem és tu, / Doce luz que me preenche / e ilumina a obscuridade do meu coração? / Conduzes-me como a mão de uma mãe / E se me soltasses, / não saberia nem dar mais um...
  • Tudo me fala de ti. Só tu és
    Tudo o que vejo me leva para Deus. O mar na sua imensidade faz-me pensar em Deus, na Sua infinita grandeza. Então sinto sede do infinito. Quando penso que quando for carmelita, se Deus quiser, terei...

Santos Carmelitas