Comissariado Geral da Ordem do Carmo em Portugal

Nos finais do Século XIII, fundação em Moura (Alentejo). Em 1421 viviam, nesse convento, 42 religiosos professos. Por muito tempo a casa de Moura foi o único convento da Ordem em Portugal, até que a piedade do "Santo Condestável", o Beato Nuno Álvares Pereira, construiu o célebre Convento do Carmo de Lisboa, em louvor da Santíssima Virgem, entre 1394 e 1397, entregando-o aos Carmelitas e vindo a viver nele como irmão donato.

Em 1423 é erecta a Província de Portugal. Há um grande florescimento. Em 1580 começa a sua expansão missionária com a ida para o Brasil.

Em 1755, um grande terramoto, em Lisboa, mata muitos dos frades existentes. Em 1834, a Ordem é extinta em Portugal por um decreto governamental de extinção das Ordens Religiosas.

Em 1930, a Província da Bética (Espanha) começa restauração do Carmelo Português, em Lisboa. Por impossibilidade desta Província espanhola, são os Carmelitas do Brasil, a Província de Santo Elias do Rio de Janeiro, que assumem a continuidade desta restauração, a partir de 1954.

Em 8 de Dezembro de 1992, o Conselho Geral decreta que Comissariado Provincial de Portugal se transforme em Comissariado Geral.

Caminhos Carmelitas

  • “Felizes os pobres em espírito, porque deles é o reino dos céus”
    Jesus começa a proclamar o seu caminho para a felicidade com um anúncio paradoxal: «Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus» (5, 3). Um caminho surpreendente, e um estranho...
  • “Ele é tudo”
    Entender e sentir como é imensa a Divindade, ao ponto de ser impossível conhecê-la totalmente, é um altíssimo entender. Por isso, uma das maiores mercês que Deus faz a uma alma nesta vida, […] é...
  • “O reino de Deus está próximo”
    A palavra “evangelho”, no tempo de Jesus, era usada pelos imperadores romanos para as suas proclamações. Independentemente do conteúdo, elas eram definidas “boas novas”, isto...
  • 5º Domingo do Tempo Comum – Ano A
    Ser “sal” e ser “luz” Queridos irmãos e irmãs, bom dia! No Evangelho de hoje (cf. Mt 5, 13-16), Jesus diz aos seus discípulos: «Vós sois o sal da terra […] Vós sois a luz do mundo» (vv....
  • 5º Domingo do Tempo Comum – Ano A
    “Vós sois o sal da terra, vós sois a luz do mundo” No Evangelho deste 5º Domingo do Tempo Comum – Ano A, que vem logo a seguir às bem-aventuranças, Jesus diz aos seus discípulos: «Vós sois o sal da...
  • Exame de consciência. Aprender e descobrir caminhos novos
    – Pensar sobre a vida e viver a vida bem pensada não é a mesma coisa. É perigoso ficar de fora a viver a própria vida e a dos outros. Árbitros de bancada há muitos. O importante é jogar melhor...

Santos Carmelitas