Maio - Caminhar com Maria (3)

O nascimento do Menino Jesus

 alt

Duas coisas devemos aprender na escola de Maria: possuir Cristo e dar Cristo (F. Chamot).

No nascimento de Jesus, o Pai oferece de novo ao Homem a resposta ao anseio do seu coração: “Fizeste-nos para vós, Senhor, e o nosso coração anda inquieto enquanto não repousar em Vós” (Santo Agostinho). Através de Jesus Cristo, torna-se visível o Deus invisível: “A partir do momento em que nos deu o seu Filho, que é a sua única e definitiva Palavra, Deus disse-nos tudo ao mesmo tempo e duma só vez e nada mais tem a acrescentar” (S. João da Cruz). Ele torna-se como nós. Isto mostra-nos até que ponto vai o Amor de Deus... Deus é infinitamente melhor do que nós acreditamos: mais próximo, mais compreensivo, mais terno, mais audaz, mais amigo, mais alegre, maior do que nós possamos suspeitar. Deus é Deus! O Salvador do mundo nasce como fruto do Amor de Deus por toda a Humanidade. Somos todos irmãos em Jesus, filhos de Deus: a sua Mãe é a nossa Mãe. 

Oração da mãe que espera um filho: Eu Vos glorifico, Pai celeste, Deus criador, porque fizestes em mim grandes coisas e vai nascer de mim um filho, fruto de um amor que abençoastes. Jesus, Filho de Deus, que me permitistes adorar-Vos pequenino no presépio, eu Vos ofereço o meu filhinho, Vosso irmão. Enriquecei-o com os belos dons da natureza e da graça. Que na terra seja a nossa alegria, e na eternidade, a vossa glória! Espírito Santo, cobri-me com a vossa sombra durante estes benditos meses de espera, a fim de que nada possa acontecer de mau ao meu filhinho e que a sua alma esteja pronta a tornar-se vosso santuário pelo Baptismo. E vós, Maria, Rainha das mães, assisti-me na hora do nascimento do meu filho. Aceito desde já, todos os sofrimentos que vierem e peço-vos que os ofereçais a Deus pelo meu filho. Meu santo anjo da guarda, santo anjo da guarda do meu filho, velai sobre nós os dois. Amen.

Caminhos Carmelitas

  • Aprender com o sofrimento
    Há que aprender a viver com o sofrimento e a fazer dele uma força e uma forma de crescimento. Aprender a tirar proveito do sofrimento, por pior que seja, não vou fingir, não vou iludir, vou...
  • 12º Domingo do Tempo Comum – Ano B
    Em pleno mar da Galileia, os discípulos / apóstolos de Jesus lutam, aflitos, contra a tempestade que ameaça desfazer a pequena e frágil embarcação no meio do mar encapelado (Marcos 4,35-41). E em...
  • Perdoar (Per-doar)
    Per-doar é da minha parte e o outro pode não querer, mas é doar, apesar de tudo, uma nova oportunidade, um abrirmo-nos e oferecermo-nos para recomeçar uma relação. O perdão tem a ver com a relação,...
  • A oração sacerdotal de Jesus
    Como já várias vezes nos demos conta, uma das características mais evidentes da vida de Jesus é a oração. Esta, porém, torna-se ainda mais frequente e intensa nas horas da sua paixão e morte. Reza...
  • Santo António – 13 de Junho
    – Correi, portanto, famintos, avarentos e usurários, para quem o dinheiro vale mais do que Deus, e comprai o grão de trigo que a Virgem tirou hoje do armário do seu ventre. Deu à luz um Filho....
  • Solenidade do Sagrado Coração de Jesus
    Oração de consagração ao Sagrado Coração de Jesus Entrego-me e consagro-vos, Sagrado Coração de Jesus Cristo, a minha vida, as minhas acções, penas e sofrimentos, para não querer mais servir-me de...

Santos Carmelitas