O caminho da misericórdia: do coração às mãos

O caminho da misericórdia: do coração às mãos

 

alt

 

A misericórdia, quer em Jesus quer em nós, é um caminho que começa do coração para chegar às mãos. O que isto significa? Jesus olha para ti, cura-te com a sua misericórdia, dizendo-te: «Levanta-te!» e o teu coração renova-se. O que significa realizar um caminho a partir do coração até às mãos? Quer dizer que com o coração novo, sarado por Jesus, posso realizar as obras de misericórdia através das mãos, procurando ajudar, curar muitos necessitados. A misericórdia é um caminho que tem início no coração e chega às mãos, isto é, às obras de misericórdia.


Disse que a misericórdia é um caminho que vai do coração às mãos. No coração recebemos a misericórdia de Jesus que nos doa o perdão de tudo, porque Deus perdoa tudo e levanta-nos, dá-nos a vida nova e contagia-nos com a sua compaixão. Do coração perdoado e com a compaixão de Jesus, começa o caminho rumo às mãos, isto é, para as obras de misericórdia. Dizia-me um bispo outro dia que na sua catedral e noutras igrejas fez portas de misericórdia de entrada e de saída. Perguntei o porquê e a resposta foi: «Porque uma porta é para entrar, pedir perdão e obter a misericórdia de Jesus; a outra é a porta da misericórdia em saída, para levar a misericórdia aos outros, com as nossas obras de misericórdia». Como é inteligente este bispo! Também nós façamos o mesmo com o caminho que vai do coração às mãos: entremos na igreja pela porta da misericórdia, a fim de receber o perdão de Jesus, que nos diz «Levanta-te! Vai, vai!»; e com este «vai!» — em pé — saiamos pela porta de saída. É a Igreja em saída: o caminho da misericórdia que vai do coração às mãos. Percorrei este caminho!

Papa Francisco

Caminhos Carmelitas

  • Quem são os que precisam de médico?
    Nunca senti tanto a minha miséria, nunca me vi tão miserável, mas esta miséria não me desanima, antes me estimula para aproximar-me mais d’Ele, e penso que é mesmo por causa da minha fraqueza que...
  • 25º Domingo do Tempo Comum – Ano B
    No Evangelho deste Domingo, Jesus anuncia pela segunda vez aos discípulos a sua paixão, morte e ressurreição (cf. Mc 9, 30-31). O evangelista Marcos põe em evidência o forte contraste entre a sua...
  • 15 esquemas de catequeses sobre a Missa
    Os 15 documentos contidos no site abaixo indicado têm como conteúdo central as Audiências Gerais das quartas-feiras do Papa Francisco, entre 8 de Novembro de 2017 e 4 de Abril de 2018, dedicadas à...
  • Santo Alberto de Jerusalém – 17 de Setembro
    Hino Deus nos chamou à santidade,/ A ser louvor da Sua glória, / Em Jesus, o Verbo Incarnado, / Que se inseriu na nossa história. Aspiramos seguir a Cristo, / Deixemos n’Ele o homem velho; / Que o...
  • Confissão, sacramento da alegria
    Qual é o centro: os pecados ou o Pai que perdoa todos os pecados? O Pai. Não vamos confessar-nos como pessoas castigadas que se devem humilhar, mas como filhos que correm para receber o abraço do...
  • Festa da exaltação da santa cruz
    «Nós – declara São Paulo – pregamos Cristo crucificado (…), poder e sabedoria de Deus». Entretanto o Apóstolo não esconde que a cruz, aos olhos da sabedoria humana, aparece diversa: é...

Santos Carmelitas